Utilização de smartphones no ambiente corporativo

Todo empresário está sempre à procura de ferramentas que facilitem e melhorem o desempenho dos seus funcionários para conseguir aumentar sua produtividade e seus lucros. O uso de smartphone e tablets vem crescendo em toda a sociedade e nas empresas isso não é diferente. Hoje, quase um terço das companhias (28%) tem profissionais que fazem utilização de smartphones no ambiente corporativo e também usam esses aparelhos em suas atividades diárias.

Utilização de smartphones no ambiente corporativo | Os Profisionais.

A maioria dos profissionais utiliza o smartphone nas funções básicas do dia a dia, como acessar e-mails e a internet. Porém, para as funções mais complexas, seu uso ainda é limitado. Sistemas de gestão de negócios, de controle financeiro e de estoque e outras funções similares requerem equipamentos mais robustos, fazendo com que os smartphones sejam poucos utilizados nessas ações.

Os smartphones podem auxiliar os funcionários a se comunicarem com mais agilidade, seja através de aplicativos de mensagens instantâneas, como o whatsapp, ou mesmo via ligação – além, é claro, de poderem acessar seus e-mails com maior facilidade. Porém, o uso deve ser sempre controlado e gerenciado por um supervisor, para que dessa forma a utilização seja feita da maneira correta.

Utilização de smartphones no ambiente corporativo | O Aparelho.

O mau uso do aparelho celular no ambiente corporativo pode ser extremamente prejudicial, não somente para a empresa como também para os funcionários. Alguns funcionários deixam de cumprir suas metas, atrasam relatórios, deixam de atender um cliente ou demoram a atender uma ligação simplesmente por estarem distraídos com alguma rede social ou interagindo com amigos. Isso sem mencionar atividades que envolvem riscos físicos em casos de distração por parte do operador.

O ideal é que o uso seja controlado para que não haja prejuízo para a empresa. Muitos empresários preferem proibir o uso para evitar confrontos desnecessários, porém, nem sempre isso é possível ou fácil de ser efetivado. O melhor caminho é apostar no bom senso do funcionário, mas nem sempre isso é vantajoso. Muitas pessoas costumam confundir liberdade com a falta de compromisso.

Vale lembrar que as empresas têm embasamento legal para punir funcionários que utilizam o aparelho celular dentro da corporação em horário de trabalho, e isso pode causar até mesmo uma demissão por justa causa.

Cada empresa precisa analisar qual será a melhor estratégia a ser tomada. Cada setor e área tem características específicas, cabendo ao empresário analisar cada caso e verificar onde o uso do smartphone pode ser algo positivo ou prejudicial.

Gostou? Compartilhe e deixe seu comentário! Seu feedback é muito importante!
Fique atento para novas publicações diárias!

Assine nossa Newsletter!
Insira seu e-mail e ganhe, agora mesmo, um software exclusivo para gerir seu negócio. 100% GRÁTIS!

Veja Mais no Blog WebFox

Deixe seu comentário

cinco + cinco =